Carta da Irmã Lucília - Setembro 2014

Postado 2014/09/01

Novidades de 2014

Queridos amigos,
Depois de um longo silêncio, aqui estou de novo, a partilhar convosco a nossa vida .
Moçambique, depois de um tempo de insegurança e ataques nas estradas, volta a saborear a paz. Saborear este grande Dom, que brotou, além do diálogo das partes envolvidas, da oração e sacrifício do povo Moçambicano. Vivemos tempos de insegurança, mas felizmente, aqui no Centro, não incidiram nem em vidas, nem em bens.
As meninas internas crescem e vão-se tornando senhoras... Das cento e vinte, apenas uma, não vai à escola.  O maior número encontra-se a frequentar a escola a partir do 7º ano ao 12º.
No final deste ano, sairá a Angélica com o 12º e deseja iniciar  Medicina. No próximo ano teremos pelo menos 15 que terminam o 12º ano...Queridos amigos, olhar para estas jovens, é ver o poder  do amor, da solidariedade, do ambiente de família... Do suporte que cada um de vós oferece e tem oferecido. No passado domingo, doze destas meninas receberam o baptismo. Estavam lindas, envolvidas em “nuvens brancas” e com um coração inundado de luz. No dia 30 mais um grupo receberá o Crisma, confirmando a fé, que foi crescendo como pequena chama, dentro de cada uma.
Os nossos órfão nas famílias, os afilhados que vivem fora do Centro, também eles crescem e vão dando lugar a outros que tanto precisam. Mais uma vez apelo aos padrinhos, que possam ter ficado sem afilhados, por estes terem atingido os 13 anos, à sua disponibilidade em acolher outra criança, pois todos os dias chegam bebés que perderam a sua mãe, a pedir auxílio. Dia 19 distribuiremos os produtos  que vós lhes ofereceis.
Falando de crianças que se transformam em jovens, muita gente me pergunta: “ quando estas meninas (internas) terminarem o nível de estudos do Centro, 12º ano, para onde se orientarão?”
O grande desafio neste momento é arranjar quem financie bolsas de estudo para que elas possam continuar a sua formação profissional. Cursos médios, ou Faculdade.
As duas que deixaram o Centro no final do ano passado, a Ilda Tomás e Belarmina Henrique, continuam: a primeira faz Gestão de Recursos Hídricos;  a segunda  está na faculdade fazendo Hotelaria e Turismo.
O Centro continua a “embelezar-se”.  Cada grupo de Voluntários, que por aqui passa, deixa o seu “selo” e todos eles contribuem para que o ambiente se torne cada mais agradável e educativo. Seguirão algumas fotos para que ninguém esqueça  aquilo que viu nascer..
Queridos amigos, queridas madrinhas e queridos padrinhos, Moçambique está em Paz. Quem desejar dar uma escapadela e vir ver e estar… sabe que a hospitalidade está garantida!
Sintam, que embora escrevendo pouco, não deixo que ninguém saia do meu coração e da minha oração... é assim que vos digo OBRIGADA. Sou a vossa  Ir. Lucilia Teixeira